Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Classificados

Parceiros

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

 

Notícia publicada em 09/08/2012 - 17:14:33 | JI-PARANÁ - POLICIAL

'NOVO CANGAÇO' - Cinco integrantes da quadrilha morrem após trocar tiros com a Polícia, em Campos de Júlio

 

A polícia trocou tiros, no final da manhã, com cinco suspeitos de assalto ao Banco do Brasil, ontem, em Campos de Júlio (550 km de Cuiabá). O capitão da Polícia Militar, Mario Roberto Pereira disse, que eles foram localizados a 15 quilômetros da BR-364, entre a cidade e Comodoro. O oficial confirmou que todos os acusados acabaram sendo atingidos pelos disparos, receberam socorro mas não resistiram. As identidades dos mortos ainda não foram informadas. A polícia vai apurar os nomes para ter certeza que não estavam usando identidades falsas.

 

O capitão afirmou também que os suspeitos acabaram sendo surpreendidos numa região de mata, às margens do rio Juína. Foi quando, segundo ele, começaram a atirar nos policiais. Pelo menos quatro deles usavam coletes a prova de balas. “Nós apreendemos três espingardas calibre 12, uma submetralhadora 9 milímetros, duas pistolas semiautomáticas 9 milímetros e um fuzil calibre 556”, disse ele, ao acrescentar que também foi encontrado dinheiro, alimentos e apetrechos. "A quantia do dinheiro apreendido ainda está sendo levantada".

 

Mario Roberto também informou que duas caminhonetes que os bandidos roubaram -do gerente do banco e de uma empresa- e eram usadas na fuga, foram recuperadas. “Eles levaram 6 reféns, mas eles foram liberados pouco tempo depois”, explicou, ao ressaltar que os veículos não chegaram a serem queimados, nem pontes, como costuma acontecer nesse tipo de crime.

 

Cerca de 40 policiais estavam envolvidos nas buscas à quadrilha. O governo divulgou nota, há pouco, confirmando que foram usados helicóptero do Ciopaer, a Força Tática da cidade de Cáceres, o Gefron,  as barreiras policiais das cidades de Comodoro e Pontes e Lacerda e também policiais do setor de Inteligência do Comando Regional “VI” –Cáceres.

 

É o segundo confronto, este ano, entre ladrões de banco e policiais em Mato Grosso. Em fevereiro, três assaltantes que invadiram o Banco do Brasil, em Lucas do Rio Verde, na região Norte, morreram em tiroteio com policiais.

 

Clique no link e relembre o caso: 'O novo cangaço' ataca novamente - BB no MT divisa com RO é assaltado - VIDEO

 

Veja o vídeo:

 

 


 

Matéria:sonoticias

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Anuncie