Notícia publicada em 19/03/2019 - 11:42:02 | JARU

 

Mais um jaruense é conduzido pela PRF por divulgar blitz em WhatsApp; é o terceiro em 3 dias

 

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite desta segunda-feira (18) um jovem acusado de postar informações sobre ações de fiscalização nas redes sociais em Jaru. K.O.S., de 21 anos, foi preso na BR-364, nas proximidades da Gima, acusado de postar no WhatsApp conteúdo divulgando uma blitz da PRF na rodovia federal.

 

O jovem recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Hospital Municipal de Jaru para a realização do Exame de Corpo de Delito e posteriormente entregue na Unidade Integrada de Segurança Pública de Jaru, onde foi apresentado para as providencias cabíveis.

 

É o terceiro caso semelhante ocorrido em Jaru nos últimos três dias em que a Polícia Rodoviária Federal conseguiu identificar os suspeitos de cometer tal crime. No último sábado (16) outro morador de Jaru foi identificado pela mesma prática e deverá responder criminalmente. Na manhã desta segunda-feira a PRF, com apoio de uma guarnição da Polícia Militar, prendeu um homem de 35 anos, também acusado de postar informação de blitz em Jaru.

 

CRIME


Divulgar ações de fiscalização como blitz é crime inafiançável previsto no Artigo 265 do Código Penal Brasileiro, que reza: “Atentar contra a segurança ou funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outra utilidade pública, com pena de reclusão de 1 a 5 anos e multa”.

 

Matéria:www.anoticiamais.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades