Notícia publicada em 12/08/2019 - 21:23:43 | OURO PRETO

 

OURO PRETO - Ação em conjunto entre a PM e PC resulta na prisão de uma quadrilha especializada em roubos em residências

 

Na manhã desta segunda-feira, dia 12, uma ação em conjunto entre a Polícia Militar e a Polícia Civil, no município de Ouro Preto D’Oeste, resultou na prisão de cinco pessoas, entre elas, dois apenados do sistema prisional de Ariquemes que saíram no Indulto do Dias dos Pais e na recuperação de quatro motocicletas que foram roubadas nas cidade de Ouro Preto, Ji-Paraná e Cacoal.

 

De acordo com a PM, a Central de Operações da PM (190), recebeu uma ligação anônima dando conta que haviam vários indivíduos suspeitos entrando e saindo de uma residência já bem conhecida no meio policial, localizada no Jardim Novo Horizonte, em um beco da Rua Agmar de Souza.

 

Com o apoio de Policiais Civis do Sevic, as Guarnições de Rádio Patrulha se deslocaram ao endereço e ao se aproximar da casa, avistaram quatro indivíduos pulando o muro dos fundos e se embrenhando no mato. Dois deles, identificados como Eudes Carvalho Pinheiro, vulgo “Dudu” e Matheus Francisco de Castro, foram presos escondidos dentro do parque de exposições. Os outros dois conseguiram fugir entrando em uma área alagada.

 

Dentro da casa, os policiais prenderam mais três indivíduos, identificados como Matheus Henrique Ramos de Souza, Joelma da Silva Gouveia e Poliane Ferreira Passos, Nos fundos da residência, a Polícia acabou localizando 04 motos roubadas.

 

Após fazer uma busca minuciosa pelo interior da casa, os policiais encontraram diversos produtos roubados, entre eles, vários objetos que foram levados de uma residência durante a madrugada, onde criminosos entraram na casa e renderam uma família.

 

Segundo informações da Polícia, os suspeitos foram reconhecidos em diversos roubos que aconteceram desde a semana passada em toda a Região Central do Estado.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades