Notícia publicada em 21/05/2020 - 01:51:56 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

PM fecha a “Boca do Jacaré” e prende apenado com tornozeleira com drogas, dinheiro e produtos de procedência duvidosa

 

Durante a noite desta quarta-feira, dia 20, a Polícia Militar, em Ji-Paraná, acabou com mais um ponto de vendas de drogas que estava fomentando o furto na região dos bairros Alto Alegre, Residencial Carneiro, Nossa Senhora de Fátima e JK. Na ação policial, um apenado que está cumprindo pena por Tráfico de Drogas, no regime aberto com uso de Tornozeleira, foi preso novamente cometendo o mesmo crime.


De acordo com a Polícia, a Central de Operações da PM (190) vem recebendo constantes ligações de moradores da Rua T-27, próximo a antiga pista de Kart, informando que vários usuários de drogas e ex-presidiários são vistos entrando e saindo de uma residência, o qual o proprietário também é um apenado.

 

Segundo as denúncias, o movimento chegar a ser 24 horas por dia e os furtos naquela região aumentou significamente.

 

Diante das denúncias, as Guarnições de Rádio Patrulha intensificaram o patrulhamento naquelas imediações e quando uma Guarnição passava em frente à suposta “Boca de Fumo”, avistou um adolescente saindo da casa. Ele foi abordado e em seu poder foi localizado uma porção de Maconha.

 

Ao ver a presença da polícia, o proprietário da casa, identificado como Sérgio Priori Cruz, vulgo “Jacaré”, tentou fugir, escalando o muro dos fundos, porém ele não conseguiu ir muito longe e foi preso logo em seguida. Com ele, os PM’s localizaram quase meio quilo de Maconha.

 

Dentro da casa, os militares encontraram cerca de 30 parangas de Crack, aproximadamente R$ 1 mil reais, 01 balança de precisão, usada para pesar a droga e vários produtos de procedência duvidosa. Na saída das viaturas da PM, vizinhos aplaudiram e agradeceram o trabalho da polícia. "Agora teremos paz nesta rua", desabafou uma moradora local.

 

Além do apenado, os policiais também conduziram mais 04 usuários de drogas que estavam no local comprando o entorpecente. Diante da situação, todos os conduzidos foram levados à UNISP e apresentados à autoridade policial.

 

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades